The Sinking City promete ser o terror cósmico de investigação que merecemos!

Atualmente, o terror cósmico, criado por Lovecraft, ganhou muita exposição na mídia. As premissas de um universo impiedoso e incognoscível, visões tão terríveis que levam à loucura, e um conhecimento que traz apenas ruína apareceram em filmes como Aniquilação, de 2018, Bird Box, de 2018, e em jogos como Bloodborne, de 2015, além do excelente Darkest Dungeon, de 2016. Porém, um dos elementos principais das histórias de Lovecraft e que não aparece em nenhum desses exemplos é a investigação.


Na E3 do ano passado, apareceram os trailers de dois jogos de terror cósmico, Call of Cthulhu, baseado no RPG de mesa clássico da Chosium, e The Sinking City, do mesmo estúdio que desenvolve jogos da franquia Sherlock Holmes. Assim que soube do anúncio, imaginei que finalmente teríamos, não apenas um, mas dois jogos lovecraftianos de investigação.

O trailer de Call of Cthulhu me decepcionou um pouco, pois dava a entender uma história mais fechada e linear. O jogo foi lançado em outubro do ano passado, pelo Cyanide Studios e, infelizmente, minhas primeiras impressões estavam certas. Edward Pierce, personagem principal, passa as primeiras horas do jogo investigando a cidade de Darkwater, um lugar misterioso, sombrio e cheio de personagens suspeitos. Quando ele descobre o “mistério” da cidade, que há um culto a Cthulhu operando, o jogo se torna extremamente linear, uma mistura de elementos de diversos gêneros diferentes e perdeu toda a boa vontade que havia conquistado junto à comunidade.


No entanto, The Sinking City, da Frogwares, capturou minha atenção desde o início, com uma ambientação maravilhosa e a promessa de uma narrativa mais aberta. Conforme novos trailers e informações foram sendo liberados, mais animado fiquei. O jogo se passa na cidade de Oakmont, Massachusetts, um lugar que está literalmente sendo tomado pelo mar, cheio de maresia, mistérios e homens-peixe, e o seu personagem é Charles Reed, um detetive particular que vai à cidade encontrar uma cura para sua crescente insanidade.

O último trailer disponibilizado foi justamente a parte do gameplay de investigação e podemos ver de forma clara as influências dos jogos do Sherlock Holmes aqui. O trailer começa apresentando a filosofia do jogo de não ter objetivos diretos, marcados no mapa apenas para serem seguidos. Não importa se seja uma informação ou um acontecimento, você enquanto jogador deve descobrir onde encontrá-la. Uma mecânica muito rara hoje em dia, já que a maioria dos jogos te leva de um objetivo ao outro sem dar tempo de pensar. Ficar perdido em uma cidade cheia de monstros, sem poder confiar na própria sanidade, é um pesadelo em si só.

A segunda metade do trailer fala das mecânicas que serão usadas por Reed para resolver os crimes na cidade de Oakmont. A primeira, “retrocognition”, parece ser uma versão sobrenatural da reconstrução de cenas de crime virtual que aparece em Iron Man 3 (2013). O seu personagem consegue captar os vestígios de crimes que usaram do sobrenatural. A segunda, o “mind palace”, é baseada diretamente nos jogos de Sherlock Holmes, e é onde você vai organizar as pistas e as evidências encontradas em uma teoria. Mas, ao contrário da mecânica original, não há uma resposta certa ou errada, apenas diferentes visões sobre uma questão moralmente ambígua.

The Sinking City é um jogo que tenta trazer uma racionalidade lógica para o mundo alienígena e incognoscível de Lovecraft. Os trailers e entrevistas sugerem que os desenvolvedores encontraram uma maneira que é, ao mesmo tempo, instigante enquanto jogabilidade e mantém as respostas encontradas desconfortáveis o suficiente para trazer a ruína ao personagem.


A data de lançamento do jogo seria dia 21 de março, mas foi adiada para dia 27 de junho. Essa mudança foi necessária por haver muitos jogos sendo lançados ao mesmo tempo, de acordo com Sergey Oganesyan, o gerente de comunidade da Frogwares. Nesse mesmo anúncio, ele afirma que esse tempo será usado para polir ainda mais a experiência. Considerando a quantidade de títulos AAA que saíram esse mês, a fala dele faz o mais absoluto sentido.

Espero apenas que esse tempo seja bem usado, e que tenhamos finalmente um bom jogo de terror cósmico e investigação. Depois da decepção causada pelo Call of Cthulhu, nós merecemos uma dose de loucura melhor administrada.

The Sinking City promete ser o terror cósmico de investigação que merecemos! The Sinking City promete ser o terror cósmico de investigação que merecemos! Reviewed by Unknown on março 17, 2019 Rating: 5

2 comentários

  1. bom texto, só tenho uma correção, a forma certa de se escrever Bloodborne é esta, com e no final

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Davi! Já ajeitamos o errinho, obrigada pelo feedback!

      Excluir

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →