O Exorcismo de Emily Rose: A Verdadeira História

Nem todo mundo sabe, mas o filme O Exorcismo de Emily Rose foi baseado em uma história que aconteceu na Alemanha nos anos 70. O filme tem algumas mudanças, como o nome da jovem, e o local em que se passa é nos Estados Unidos, mas em um geral, o filme é bem fiel à história original.


Anneliese Michel era alemã e muito católica, até que, em certo ponto da década de 1970, começou a ter problemas psicológicos, como depressão, delírios e atos psicóticos. Ela chegou ao ponto de iniciar um tratamento médico, mas a garota não se convencia que a medicina poderia resolver seus problemas. Anneliese começou a ter repulsa a objetos religiosos e também a locais sagrados.

Durante seu tratamento hospitalar, a jovem tomou as mais altas medicações, mas mesmo assim sua condição clínica piorava. Por sofrer muitas convulsões, ela foi diagnosticada com epilepsia.

O estado da garota só piorava: ela começou a destruir objetos religiosos, se mutilar e fazer suas necessidades pela casa, além de se alimentar de aranhas e a atitude extrema de beber sua própria urina.


Em 1974, o padre da paróquia, Ernest Alt, começou a acompanhar o caso mais de perto e, após algum tempo, pediu para o bispo de Wuzzburg para começar o ritual de exorcismo de Anneliese Michel e o bispo autorizou.

Se iniciaram, então, as sessões de exorcismo. Durante elas, a jovem disse estar possuída por 6 demônios: Lúcifer, Caim, Judas, Nero, Hitler e o Padre Fleischmann (que caiu em desgraça durante o século XVI).

Ela também retratou que teve um encontro durante um sonho com a Virgem Maria, que teria lhe proposto seguir em paz sem demônio ou continuar com eles para provar à humanidade a existência dos mesmos.


Anneliese foi submetida a muitos rituais, estava realmente muito abatida, não se alimentava, tinha sérias lesões que causou a si mesma, mas os padres e a família insistiam em continuar com os sofridos rituais.

No dia 1 de julho de 1976, a jovem disse que estava liberada dos que à aflingiam. Nessa mesma noite, ela veio a falecer enquanto dormia (aos 23 anos de idade). A causa da morte foi falência múltipla dos órgãos, causada, provavelmente, por desnutrição e desidratação.

Após isso, os dois padres exorcistas e os pais de Anneliese foram indiciados por negligência médica. O bispo que autorizou o exorcismo não foi levado à julgamento pelo estado crítico de saúde e idade avançada.

O áudio abaixo de uma de suas sessões de exorcismo é perturbador. Confira:


E aí? O que vocês acham: possessão ou epilepsia?
O Exorcismo de Emily Rose: A Verdadeira História O Exorcismo de Emily Rose: A Verdadeira História Reviewed by Anna Naylor on janeiro 28, 2019 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →