ENCARE SEUS MEDOS | O Babadook (2014)

Último dia do 'Encare seus medos'! Hoje temos um filme recente que se tornou um clássico do terror: O Babadook.


O Babadook é um daqueles filmes que requer paciência, definitivamente não é um filme para todo mundo. O filme é lento, tem engate tardio e dispensa quase totalmente a utilização de jumpscares. Amelia, uma viúva que ainda está lidando com a morte repentina e violenta do marido, precisa cuidar de seu filho que se mostra atormentado por uma criatura. Essa criatura é o Babadook. Seu filho, Samuel encontra um livro e pede a mãe para ler. Durante a leitura, a mãe percebe que se trata de uma história de horror, e logo cessa a leitura. Samuel fica impressionado, e os problemas só começam.
O filme conta com o terror psicológico para contar a história, Amelia, uma viúva ainda jovem precisa lidar com a depressão, saudade do marido, luto, sexualidade reprimida e um filho que dá indícios de problemas psiquiátricos. A mãe logo pensa ser coisa da cabeça do filho, até se dar conta que o Babadook é realmente uma entidade presente na casa.
Eles percebem que precisam se unir para que o Babadook vá embora e é aí que as metáforas começam. O Babadook é o monstro do luto. A morte repentina do pai e marido desestrutura a casa e o futuro, compromete o que eles compreendiam de família e união. Amelia ainda é jovem, mas se reprime sexualmente para cuidar do filho, o filho absorve toda a tristeza da mãe e materializa em um monstro horrível. Uma das cenas finais é genial e imprime bem a ideia que o roteiro quis entregar, a cena em que Amelia diz que o Babadook jamais tocará seu filho novamente, e que todas as atrocidades que ela vinha cometendo, era porque estava "possuída", essa possessão nada mais é que a depressão e o medo de enxergar o futuro sem o marido.

NOTA:

★★★☆☆

https://www.youtube.com/watch?v=ibHErzMzp2g

ENCARE SEUS MEDOS | O Babadook (2014) ENCARE SEUS MEDOS | O Babadook (2014) Reviewed by Unknown on outubro 29, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →