ENCARE SEUS MEDOS | A Bruxa (2015)

O primeiro filme do especial Encare Seus Medos é A Bruxa (2015), que centra em uma família que leva uma vida cristã com suas cinco crianças em uma comunidade extremamente religiosa, até serem expulsos por seguirem uma fé diferente da permitida na sociedade. A família passa a morar num local isolado, até que um dia o bebê recém-nascido desaparece e a culpa cai sobre a filha mais velha.

Logo no começo do filme a família é apresentada à nós, sendo acusada, diante de um tribunal, por heresia. Situado no século XVII na Nova Inglaterra, heresia é um crime grave, e isso faz com que o pai, a mãe e os cinco filhos sejam expulsos da comunidade, levando-os a viver isoladamente em uma fazenda.

A exclusão da família da sociedade, faz com que o terror seja instalado no filme, sempre de maneira muito psicológica, sem muitos sustos, mas sempre com aquela sensação de desespero. Primeiro longa do diretor e roteirista Robert Eggers, ele faz um excelente trabalho em conectar o oculto com o misticismo, cristianismo e religiosidade num geral.


Pelo fato da família carregar uma rigidez característica da época, eles acreditam que tudo que acontece de errado com a fazenda é proveniente de atos pecaminosos. Essa paranoia é transmitida para o telespectador, mesmo sem sustos ou grandes tensões, apenas com a culpa que cada personagem carrega.

Tudo que existe em A Bruxa foi estudado meticulosamente por Eggers, não há nada muito inventado. O núcleo familiar é muito fiel ao século XVII, e a parte sobrenatural do filme é estritamente limitada ao que se passava na mente das pessoas que viveram naquela época. A fotografia do filme faz com que tudo isso se torne real - cuidadosamente utiliza a luz de velas como a principal fonte de iluminação.

Os momentos finais do filme criam um clímax complexo com poucos elementos em cena. A cena final, criticada negativamente na maioria dos reviews, para mim, é o ponto alto. Uma imagem explícita daquela forma pode ser julgada como desnecessária para um filme que apenas sugeriu o tempo todo, mas finaliza essa obra de arte de forma estupenda.

Como os melhores filmes de terror psicológico, o conflito do filme é essencialmente humano. Fugindo totalmente dos cliches do gênero, Eggers surpreende com uma fotografia impecável e uma trama perfeitamente construída. A aposta em Anya Taylor-Joy valeu a pena, com uma atuação maravilhosa vinda da atriz mirim. Todos esses elementos se juntam para tornar A Bruxa um dos melhores filmes de terror desse século.

NOTA:

★ ★ ★ ★ ☆


ENCARE SEUS MEDOS | A Bruxa (2015) ENCARE SEUS MEDOS | A Bruxa (2015) Reviewed by Anna Naylor on outubro 23, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →