10 Semanas de Terror | Semana 6 com Rafael Santos


       Sexta semana do nosso especial de '10 Semanas de Terror'! Hoje temos a participação do Rafael do 'Vamos falar de cinema!' e da Pergentina que você pode conferir aqui.
      "Olá, me chamo Rafael Santos, conhecido como Rafinha, sou cinéfilo, escrevo críticas de filmes e séries, e fui convidado para falar o meu top 10 de filmes/livros de terror/horror! Vou focar em filmes, porque é o que mais eu consumo na minha vida! Agradeço desde já o convite da Larissa Limas e a galera do Tudo Terror, adorei a ideia de revisitar os maiores medos que passei em frente a tela!"

“Meu TOP 10 é baseado em todos os medos obscuros que a minha mente não sabia que tinha, até eu ver todos esses filmes...



1 – O Enigma do Horizonte (1997) - Paul W. S. Anderson

A nave espacial Event Horizon, que desaparecera anos atrás, reaparece repentinamente. Uma equipe é despachada para investigá-la. Logo, fica claro que algo sinistro habita os corredores da nave. (Wikipedia)

Rafael: Um dos grandes filmes de ficção cientifica/horror que eu vi esse ano, brincando da forma mais lovecraftiana possível com os medos mais obscuros dos personagens, e trazendo um perigo silencioso que ao mesmo tempo era visceral. Depois desse filme passei algumas noites em claro e pensando em qualquer tipo de som estranho na minha mente.

2 – A Beira da Loucura (1995) - John Carpenter

O investigador John Trent é contratado para achar Sutter Cane, um escritor de histórias de terror, que, após terminar seu último livro, misteriosamente desaparece. Mesmo desconfiando que isso não passa de uma jogada publicitária, aceita o trabalho. Trent começa a ler os livros, procurando pistas de onde Cane possa estar escondido, porém os livros são macabros e, após sua leitura, as pessoas agem de um modo estranho. (Wikipedia)

Rafael: John Carpenter é sem dúvidas um dos mestres do terror e do suspense, cabe aqui mais uma referência a Lovecraft, onde os mitos e entidades superiores são conjugadas e perseguem nosso personagem do começo ao fim. O que era uma simples história de um livro, se tornou o pior pesadelo do protagonista, que termina o filme no melhor estilo John Carpenter!

3 – Hereditário (2018) - Ari Aster

Após a morte da reclusa avó, a família Graham começa a desvendar algumas coisas. Mesmo após a partida da matriarca, ela permanece como se fosse uma sombra sobre a família, especialmente sobre a solitária neta adolescente, Charlie, por quem ela sempre manteve uma fascinação não usual. Com um crescente terror tomando conta da casa, a família explora lugares mais escuros para escapar do infeliz destino que herdaram. (Wikipedia)

Rafael: Preciso de poucas palavras para falar sobre esse, sem dúvidas um dos melhores filmes de terror que já vi, crava na sua mente tudo que ele transmite em tela, além de um excelente trabalho com personagens quebrados, que não conseguem dividir o mesmo espaço sem um toque de tensão e estranhamento. Esquecer e não sonhar com esse filme no decorrer dos dias foi difícil!

4 – Babadook (2014) - Jennifer Kent

Amelia, viúva e ainda atormentada pela violenta morte do marido, tenta lidar com o medo de monstros que aterroriza seu único filho, o pequeno rebelde Samuel, e enfrenta dificuldades em amar o garoto. Após encontrar um misterioso livro, o menino, certo de que há um monstro que deseja matá-lo, começa a agir irracionalmente para o desespero de sua mãe. Mas logo Amelia percebe que realmente há uma sinistra presença na casa e ao redor deles. (Wikipedia)

Rafael: O terror está no som, no desconhecido, no pessoal. Um filme de tantas camadas e subtextos, que permite ser um filme assustador, mas ao mesmo tempo consegue falar sobre traumas e relações familiares.

5- Halloween – A Noite do Terror (1978) - John Carpenter 

Um maníaco retorna à sua cidade natal para continuar o terror que ele começou há quinze anos. (Wikipedia)

Rafael: Mais uma vez John Carpenter. “O Mal Imparável” é como eu chamo Michael Myers todas as vezes que menciono esse filme, o tipo de caçador silencioso, que aparece nos lugares mais inesperados e é simplesmente uma força sobrenatural. Carpenter consegue nos introduzir no medo das personagens e ao mesmo tempo na caçada a presa de Myers. Na época em que os Slasher Movies estavam nascendo, o primeiro Halloween foi um grande marco antes da desvalorização do gênero. Esse ano teremos a volta da saga, e provavelmente o fechamento da franquia, aguardo ansiosamente!

6- It – A Coisa (2017)  - Andy Muschietti e It – Uma Obra Prima do Medo (1990) - Tommy Lee Wallace

Crianças começam a desaparecer na cidade de Derry, no Maine, e alguns amigos do mesmo bairro se unem para enfrentar Pennywise, um palhaço malvado cuja história de assassinato e violência remonta a séculos. (Wikipedia)

Rafael: Pennywise, O Palhaço Dançarino. Nas duas versões, simplesmente incrível, e assustador! No filme de 1990, vemos toda a luta na infância e vida adulta do Clube dos Otários, que trás uma bela discussão sobre as expectativas da infância na vida adulta, o que podemos nos tornar, como lidamos com os problemas, e principalmente, quais marcas levamos para a vida inteira. Em 3 horas de muitos flashbacks, é incrível. Em 2018, vemos os impactos de Pennywise na vida das crianças, e como elas lidam com a presença de um ser sobrenatural, um filme muito mais voltado para o terror, olhando comercialmente, mas que não deixa de lado os traumas e a união das crianças contra o mal os persegue durante o longa, sua sequencia em 2019 promete!



7 – Fragmentado (2017) - M. Night Shyamalan

Kevin possui 23 personalidades distintas e consegue alterná-las quimicamente em seu organismo apenas com a força do pensamento. Um dia, ele sequestra três adolescentes que encontra em um estacionamento. Vivendo em cativeiro, elas passam a conhecer as diferentes facetas de Kevin e precisam encontrar algum meio de escapar. (Wikipedia)

Rafael: O terror psicológico nunca foi tão bem representado quanto na mais recente obra de M. Night Shyamalan, trazendo múltiplas personalidades como traumas de infância. Mais uma vez o diretor brinca com sobrenatural e realismo, nós não acreditamos na Fera até vermos ela encarnada, Shyamalan mostra que ainda sabe lidar muito bem com suspense e surpreende em um filme completo, trazendo destaque para as muitas qualidades de James Mcavoy.

8 – Saga Evil Dead (1989) - Sam Raimi

Ashley e um grupo de amigos vão para uma casa na floresta para uma noite de diversão. Lá, encontram um velho livro que, quando lido em voz alta, desperta a morte. Os amigos acabam libertando uma corrente de demônios e agora terão que lutar por suas vidas ou acabarão como um deles. (Wikipedia)

Rafael: Nunca é tarde para falar dos filmes dos anos 80, poderia listar todos os filmes gore possíveis mas o que mais representa a época dos filmes trash de horror, é Evil Dead. Três filmes que misturar efeitos práticos com pura loucura desde o primeiro filme, intensificando no segundo e extrapolando no terceiro, sem dúvidas um marco no cinema e na minha mente.

9 – Corra! (2017) - Jordan Peele

Um jovem fotógrafo descobre um segredo sombrio quando conhece os pais aparentemente amigáveis da sua namorada. (Wikipedia)

Rafael: O que eu mais admiro em alguns filmes de terror que não sejam das franquias jump scare, estilo Annabelle – salvando-se apenas Invocação do Mal – é o quanto essas histórias podem ir além do terror. Corra! e Hereditário me fizeram ter esperanças em uma nova forma de se apresentar histórias macabras e assustadoras, sem apelar para o um susto a cada 5 minutos.

10 – Invocação do Mal (2013) - James Wan

Os investigadores paranormais Ed e Lorraine Warren trabalham para ajudar a família aterrorizada por uma entidade demoníaca em sua fazenda. (Wikipedia)

Rafael: Um filme que é inteiramente Jump Scare mas que soube utilizar esse método de uma forma que te deixa com medo de qualquer tipo de bonecas. Infelizmente hollywood transformou em uma franquia de vários filmes...

Gostou do top 10 do Rafa e quer saber mais sobre ele? Siga-o no Twitter!
10 Semanas de Terror | Semana 6 com Rafael Santos 10 Semanas de Terror | Semana 6 com Rafael Santos Reviewed by Unknown on outubro 12, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →