10 semanas de terror | Semana 1 com Pedro Vilo


Falta pouco para o Halloween! E para celebrar, o Tudo Terror traz a cada semana um ou dois entrevistados dando dicas de obras de terror toda sexta-feira. Só gente do jornalismo, do cinema e audiovisual indicando as dez obras de terror/horror/suspense que mais os marcaram. Essa semana, temos Pedro Vilo, um estudante de Cinema e Audiovisual pela UNESPAR. “Passei mais da metade dos meus 23 anos com medo de filmes de terror/horror para, recentemente, descobrir ser um dos gêneros mais criativos e interessantes” e a jornalista Lidia Zuin que você pode conferir aqui.

TOP 10 BAGULHOS DE TERRÔ, MAS É QUASE TUDO FILME ENTÃO PODE CHAMA TOP 10 FILMO DE TERRÔ E OTRAS COISA DE MEDO 'SOCORO MÃE POR QUE ME TIRASTE DE TEU VENTRE PRA FICA COM MEDO?!'



TOP  1 – O Exorcista (1973) - William Friedkin

Uma atriz vai gradativamente tomando consciência de que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que também é um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão. (Wikipedia)

Pedro Vilo: Nunca assisti O Exorcista. Minha primeira experiência traumática com filme de terror foi com a paródia de ‘Todo Em Pânico 2’ desse filme. Desde lá foram vários jumpscares nos joguinhos de labirinto e PowerPoint que eu recebia, além de uma ou outra cena no YouTube. Quando a paródia de um filme consegue te aterrorizar, acho que merece ficar no top 1. 

TOP 2  Corra! (2017) - Jordan Peele

Um jovem fotógrafo descobre um segredo sombrio quando conhece os pais aparentemente amigáveis da sua namorada. (Wikipedia)

Pedro Vilo: Para mim esse filme é uma experiência de Jordan Peele sobre o limiar entre terror e comédia. Cenas nesse filme QUASE te fazem rir de nervoso, se não fosse o super climão tenso. Em seu programa de TV pela Comedy Central, “Key and Peele (co-criado com Keegan-Michael Key), ele se vale muitas vezes desse limiar, porém pendendo mais para a comédia. É como se existisse uma balança chamada 'Tragédia', numa das pontas está o terror, na outra a comédia e ele soubesse o momento exato qual lado deve pesar mais. 

TOP 3 – Babadook  (2014) - Jennifer Kent

Amelia, viúva e ainda atormentada pela violenta morte do marido, tenta lidar com o medo de monstros que aterroriza seu único filho, o pequeno rebelde Samuel, e enfrenta dificuldades em amar o garoto. Após encontrar um misterioso livro, o menino, certo de que há um monstro que deseja matá-lo, começa a agir irracionalmente para o desespero de sua mãe. Mas logo Amelia percebe que realmente há uma sinistra presença na casa e ao redor deles. (Wikipedia)

Pedro Vilo: Tenho uma relação muito pessoal com esse filme por vários motivos. Gosto muito das metáforas e como consegue trazer a pegada lovecraftiana do monstro misterioso que muitos filmes sofrem pra conseguir (inclusive nas adaptações do próprio Lovecraft). 

TOP 4 – Perfect Blue  (1997) - Satoshi Kon

Perfect Blue é uma animação japonesa de suspense psicológico, dirigido por Satoshi Kon, e baseado no romance do mesmo nome de Yoshikazu Takeuchi. (Wikipedia)

Pedro: Okay, tá bom. Perfect Blue não é um filme de terror ou horror, mas uma das coisas que mais me assusta é me descobrir louco e que tudo que acredito não passa de invenções da minha cabeça. Esse filme esmigalhou minhas engrenagens tratando desse questionamento da própria sanidade, além de uma leve crise de ansiedade. 

TOP 5 – Fragmentos do Horror - Junji Ito 

Mestre do terror em quadrinhos, Junji Ito combina o surrealismo e o escatológico em suas histórias. O resultado é sempre bizarro, mas ainda assim - ou quem sabe até por isso mesmo - belo. (Wikipedia)

Pedro:  Esse manga está aqui por ser bizarro e perturbador. Simples assim. Aquele tipo de horror que tu olha e pensa “eu vejo, não entendo, estou com medo, confuso e com frio”. 




TOP 6 – Silent Hill (1999)

Silent Hill é uma série de jogos eletrônicos produzida pela Konami. É classificada como um survival horror. (Wikipedia)

Pedro: Tanto a série de jogos (até o terceiro e o playable teaser, pelo menos), quanto o primeiro filme (menos que os jogos), misturam o horror psicológico cheio das metáforas para problemas internos dos personagens de Babadook com a sensação de “com medo, confuso e com frio” de Fragmentos do Horror. 

Top 7 – Alien: Isolation (2014)

Alien: Isolation é um jogo de ação furtiva de 2014 em primeira pessoa com gênero de survival horror. (Wikipedia)

Pedro Vilo: Sempre tive problema em assistir filmes antigos. Quando assisti Alien: O Oitavo Passageiro pela primeira vez, já tinha certa consciência da vida e achava muito tosco os bonecos e isso me tirou um bom tanto da experiência “Alien”. Experiência essa que o jogo Alien: Isolation conseguiu passar, não só para mim, mas para quem tinha experimentado no primeiro filme. 

Top 8  Amnésia : The Dark Descent (2010)

Amnesia: The Dark Descent é um jogo de ação e aventura e survival horror da Frictional Games, que já havia trabalhado na série "Penumbra". (Wikipedia)

Pedro Vilo: Este joguinho tem uma mecânica de “corre e esconde” muito boa e poucas coisas me deixam mais apavorado que perseguições. Simples e direto. 

Top 9 e 10 – Outlast (2013) e AHS 2ª Temporada (2012 - 2013) 

Outlast é um jogo eletrônico de survival horror desenvolvido e publicado pela Red Barrels. (Wikipedia)

American Horror Story: Asylum é a segunda temporada da série de televisão American Horror Story, da FX. Estreou em 17 de outubro de 2012, nos Estados Unidos, e terminou em 23 de janeiro de 2013. (Wikipedia)

Pedro Vilo: Esses dois estão aqui pelo mesmo motivo e esse motivo é derivado do mesmo medo causado por Perfect Blue. Questionar a Sanidade. Os dois tratam da personagem principal sendo jogada em um hospício sem realmente precisar e nesse lugar, além do contato com pessoas realmente doentes, coisas bizarras além do natural acontecem, deixando a personagem louca de verdade. 

Gostou da lista e quer saber mais sobe o Pedro? Siga-o no Instagram e no Twitter.

10 semanas de terror | Semana 1 com Pedro Vilo 10 semanas de terror | Semana 1 com Pedro Vilo Reviewed by Unknown on setembro 07, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →