As mães mais aterrorizantes do cinema

Nesse dia das mães nós comemoramos aquelas que nos colocaram no mundo, as mulheres que nos protegem e nos amam incondicionalmente. Mas é claro que nem tudo são flores, e nós estamos hoje aqui para trazer uma lista das mães mais aterrorizantes do cinema!

(Em nenhuma ordem específica)
(Esse post pode conter spoilers)

Norma Bates | Psicose (1960)

Fazendo escola no quesito "mães loucas", a Sra. Bates aparece em 1960 no clássico de Alfred Hitchcock, Psicose, e depois novamente na série Bates Motel. Afinal, é preciso uma dama verdadeiramente especial para ser tão estridente e dominante vinda além do túmulo. 


Margaret White | Carrie, a Estranha (1976)

Essa mãe extremamente religiosa mostra todo o seu espírito cristão batendo na filha com uma Bíblia e a trancando em um armário. Isso acaba ensinando à sua filha, Carrie, todos os seus poderes. No final das contas a mãe estava certa e eu acho que as coisas teriam sido melhores se Carrie tivesse simplesmente pulado sua formatura. A Sra. White aparece pela primeira vez em Carrie, a Estranha em 1976, e depois novamente no remake de 2013.


Pamela Vorhees | Sexta-Feira 13 (1980)

Antes mesmo de Jason machucar uma mosca sequer, a Sra. Vorhees estava exterminando campistas como uma epidemia. Após seu filho morrer (ou não) afogado no acampamento Crystal Lake, ela volta anos depois para ter certeza que ninguém tente jamais reabrir o local. E a mulher é forte! Arremessava os adolescentes pela janela! Nós sabemos com certeza a quem Jason puxou...


Debbie Salt (Sra. Loomis) | Pânico 2 (1997)

Debbie Salt é introduzida logo no começo de Pânico 2, uma aspirante barata a Gale Weathers. Claro que nem damos tanta atenção à ela, né? Não mesmo. No final do filme é revelado que um dos assassinos é - ALERTA DE SPOILER - a srta. Salt, que na verdade é a Sra. Loomis! Ela estava atrás de vingança contra Sydney, após a mocinha matar seu filho Billy no primeiro filme. 


Jude Madigan | Paixão Assassina (1993)

Após abandonar seus filhos e seu ex-marido por 3 anos, Jude resolve voltar para sua família, mas logo descobre que seu ex vai se casar de novo e todos parecem ter superado seu sumiço. Bem, isso não é nada bom para Jude, que precisa de toda afeição de seus três meninos e de seu ex-marido para se sentir... completa. Esse filme é super anos 90 com algumas nuances incestuosas e trás uma atuação super legal da rainha do grito Jamie Lee Curtis.


Tiffany | O Filho de Chucky (2004)

Tentando mudar seus hábitos assassinos, Tiffany se vê muito preocupada com o futuro de seu filho com Chucky. Porém, o brinquedo assassino está convencido em tornar seu fruto Glen/da em um assassino psicopata. Por mais que Tiffany diga querer uma vida melhor para seu filho, o que ela diz e o que ela faz são duas coisas diferentes.


Essas são as nossas mães favoritas nos filmes de terror? E as suas? Quais são? 

Um super feliz Dia das Mães para todas as mamães que nos acompanham! 
As mães mais aterrorizantes do cinema As mães mais aterrorizantes do cinema Reviewed by Unknown on maio 13, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →