Sexta-Feira 13: do pior para o melhor

Toda vez que um dia 13 cai numa sexta-feira, não tem como não pensar na franquia que nos introduziu a um dos vilões mais icônicos de todos os tempos, Jason Voorhees. Por causa disso, eu quis fazer uma lista com todos os filmes de Sexta-Feira 13, em ordem do pior para o melhor (na minha humilde opinião).

*Esse post contém spoilers.

12. Sexta-Feira 13 Parte 5: Um Novo Começo (1985)

Sendo completamente franco, esse filme não é bom - simples assim. E não é nem porque o Jason não é o assassino nesse filme. O filme foi completamente corrido e lançado apenas 11 meses depois da Parte 4. Por mais que tenha sido o filme mais malvado da franquia (com incríveis 21 mortes), o filme tem um certo ar trash, com a maior quantidade de sexo e nudez de todos os filmes da franquia. Para piorar, nenhum dos personagens do filme são memoráveis e Pam, a garota final de Um Novo Começo é a pior de todas da franquia.

11. Jason Vai para o Inferno: A Ultima Sexta-Feira 13 (1993)

Jason Vai para o Inferno é, sem nenhuma discussão, o filme de pior qualidade de todos, e é tão idiota que é difícil se entreter durante os 87 minutos de filme. Tudo parecia promissor com a primeira cena, mas depois disso é só tragédia cinematográfica. O filme é bobo e completamente estranho (de uma forma ruim). Não é difícil ver porque esse filme polarizou os fãs, já que Jason não tinha sua forma física na maior parte do filme e, ao invés disso, uma versão meio sobrenatural do personagem entrou em cena. Tem umas cenas de mortes muito boas e não merece ficar como o pior filme da franquia, por mais que seja bem ruim.

10. Sexta-Feira 13 Parte 8: Jason Ataca Nova Iorque (1989)

A maior crítica que tenho em relação a Jason Ataca Nova Iorque é que ele é meio entediante. É o filme mais longo da franquia, com 100 minutos, mas parece ser mais longo que isso. É um apanhado de coisas que não fazem o menor sentido. Essa franquia nunca foi conhecida por se apegar a coisas triviais como continuidade haha, mas a garota final de Jason Ataca Nova Iorque, Rennie, e sua história com o Jason não faz sentido algum: o filme se passa em 2002, e o "ataque" feito pelo jovem Jason se passaria em 1993, tipo 40 anos depois que ele foi afogado (???). E melhor nem comentar em como que um barco do Crystal Lake foi parar em Manhattan... Mesmo com todos esses erros grotescos, o filme não é de se jogar fora e tem uma morte incrível.

9. Freddy vs. Jason (2003)

Freddy vs. Jason é um bom entretenimento, mesmo tendo uma série de problemas você poderia assistir coisas piores que esse filme. Essa guerra de titãs do terror chega a ser meio ofensiva em alguns pontos, mas também é bem engraçado, cheio de sangue e super bobo de uma forma legal. Tudo isso graças, principalmente, à direção de Ronny Yu.

8. Sexta-Feira 13 Parte 7: A Matança Continua (1988)

Eu nunca morri de amores pela Parte 7, talvez pelo fato de ter vindo depois da Parte 6 que foi muito boa. Mas, recentemente, assistindo mais uma vez esse filme, consegui perceber que ele é, na verdade, muito bom e tem até mesmo uma das melhores garotas finais desde a Ginny da Parte 2. O design do Jason em A Matança Continua é provavelmente um dos melhores e mais assustadores da franquia. Por mais que esse filme traga mortes muito legais (alguém lembra do saco de dormir?), o climax foi com certeza a pior parte de todas: o pai de Tina puxa Jason de volta para o fundo do lago e tira a oportunidade de da garota final ter seu momento de vitória, gerando algo super anticlimax.

7. Jason X (2001)

Os filmes dessa franquia tem um certo problema de demora para acontecer a premissa do filme. Em Jason X, por exemplo, demora uma hora inteira de filme para que ele se torne esse super Jason. Uma. Hora. Mas não tem problema, porque até lá acontece a melhor morte da franquia (com nitrogênio líquido, essa cena é maravilhosa) e vários diálogos engraçados. Jason X não finge, em nenhum momento, ser algo que o filme não se dispôs a ser, e foi o maior orçamento da franquia até então - tudo isso pra se tornar um filme meio tosco do Syfy mas com charme de sobra. O filme recebeu muitas críticas negativas na época em que foi lançado, já que todo mundo queria assistir Freddy vs. Jason - mal sabiam eles que esse filme seria muito superior.

6. Sexta-Feira 13 (2009)

O remake de Sexta-Feira 13, feito por Marcus Nispel, é basicamente uma coletânea dos melhores momentos da franquia até aqui e, sinceramente, não tem nada de errado nisso. É um filme super divertido em todos os seus 97 minutos de duração, e a versão estendida é muito boa, valendo a pena ver só pela morte super pesada daquele babaca do Trent. Esse remake consegue fazer justiça à franquia, mas ao mesmo tempo não traz nada de novo. Mas dizem que em time que está ganhando, não se mexe, então quem pode culpar esse remake por não querer fazer nada inovador?

5. Sexta-Feira 13 Parte 3 (1982)

A Parte 3 já é icônica pelo simples fato de introduzir a máscara de hockey em Jason, marca que ficou registrada em todos os outros filmes da franquia. Olhando pelo lado não tão bom, o filme não possui muitos personagens memoráveis (a Vera era provavelmente a personagem mais interessante e morreu logo no começo do filme), e a garota final é totalmente sem sal. Mesmo assim, a Parte 3 é uma versão um pouco mais pateta que a Parte 2, o que nos trás um nível alto de entretenimento. 

4. Sexta-Feira 13 Parte 4: O Capítulo Final (1984)

Ao contrário da Parte 3, O Capítulo Final nos trás o grupo de jovens mais legais de toda a franquia - com certeza os melhores personagens de todos os filmes. Como se isso não  fosse o bastante, as mortes desse filme são maravilhosas (Tom Savini voltou a esse filme para fazer os efeitos especiais e óbvio que ficou maravilhoso). O Capítulo Final anda em um rítmo um pouco lento, mas o filme ganha muito com a introdução da família Jarvis. Ao invés de uma garota final, Tommy Jarvis é o personagem que acaba matando Jason no final, e é uma boa mudança numa coisa que a franquia vinha fazendo de forma igual até aqui. A Parte 4 é executada de uma forma quase perfeita e aperfeiçoa a fórmula da franquia.

3. Sexta-Feira 13 (1980)

Eu sei que algumas pessoas podem ficar confusas pelo filme que começou tudo isso não estar em primeiro lugar, mas ele entra no pódio por ser um dos melhores filmes de terror já feitos e mesmo assim não ser o melhor filme da franquia. A verdade é que o filme não envelheceu tão bem assim, e se você assiste a Parte 2 em seguida, você vai ver a discrepância entre os dois. Tom Savini aparece com sua maquiagem e efeitos especiais perfeitos e o roteiro de Harry Manfredini é o clássico dos clássicos, mas as atuações são sofríveis. Sexta-Feira 13 foi um marco na história do terror e eu não consigo colocá-lo em uma posição pior que essa, por mais que eu ache que, analisando o filme cruamente, ele mereça estar lá pelo 6º lugar. O filme lucrou US$ 39 milhões em um orçamento de apenas US$ 550 mil e foi, essencialmente, o filme que começou a febre dos filmes slasher nos anos 1980. 

2. Sexta-Feira 13 Parte 2 (1981)

O que fazer se um filme faz muito sucesso? Uma continuação, é claro. A Parte 2 é uma das poucas, se não a unica, que é verdadeiramente assustadora. Acho que o filme era fadado ao fracasso por se perder muito em cenas como a morte de CINCO MINUTOS  da Alice, os créditos de 2 minutos e a recapitulação de 6 minutos no começo do filme. É muita enrolação pro gosto de todos nós, mas funciona de forma surpreendente. Foi o filme que realmente introduziu Jason como o antagonista principal, e, com aquele saco na cabeça, todo mundo ficou assustado. O filme é brutal e a morte de Mark foi o ponto alto do filme, sem dúvidas. A Parte 2 se prova um exercício cansativo pro expectador, de uma forma boa - ele sente o que os personagens sentem. 

1. Sexta-Feira 13 Parte 6: Jason Vive (1986)

Muitas pessoas podem não concordar comigo nessa, mas para mim, não dá para ficar melhor do que Jason versão zumbi. O humor nesse filme pode ser considerado ruim para aqueles que se seguravam nas partes aterrorizantes dos filmes antes desse, mas a essa altura do campeonato a franquia já era considerada uma piada, então o diretor Tom McLoughlin resolveu se aproveitar disso. Além disso, é o unico filme da franquia que não contém nenhuma cena de nudez. Jason Vive também foi o único filme a ganhar reviews positivos dos críticos - por mais que a bilheteria não tenha refletido isso, sendo o filme que menos vendeu até esse ponto. O fato do filme não ter sido lucrativo o suficiente, fez com que os outros filmes não tivessem essa pegada humorística (até Jason X), mas nos rendeu o filme mais interessante e divertido da franquia Sexta-Feira 13.


E aí, o que vocês acharam? Concordam comigo? Comentem aqui!
Sexta-Feira 13: do pior para o melhor Sexta-Feira 13: do pior para o melhor Reviewed by Unknown on abril 13, 2018 Rating: 5

3 comentários

  1. Sem dúvidas, os 5 melhores filmes são esses mesmo que você listou - sendo os meus preferidos as partes 3 e 6.
    Mas discordo totalmente de parte 5 estar em último da lista. O filme é ruim, mas tem umas mortes legais. Pra mim, sem dúvidas, o pior de todos foi Jason X.

    ResponderExcluir
  2. achei a listagem justa, embora discorde de alguns pontos. A parte 6 é controversa, eu não aprecio comédia em filme de terror, fator este que eu deixaria a parte 6 em sexto lugar (mas adianto que eu gostei bastante dele, de seus personagens, do ritmo, das mortes, levei sustos etc), contudo fica atrás dos 4 primeiros e do reboot de 2009.

    ResponderExcluir
  3. Concordei com tudo em seus comentários ! So trocaria as duas últimas posições, pq Jason Vai para o inferno é sem dúvida o pior filme, até hoje me pergunto como deixaram um filme desse ser feito. Meu top 4 é: Sexta feira 13 6 (sou mt apaixonada nesse) , 4, 2 e 3 .

    ResponderExcluir

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →