REVIEW: O Sono da Morte (2016)

Em uma sinopse geral, o filme conta a história dos sonhos de um menino órfão, que se realizam enquanto ele dorme. Quando são sonhos bons, é tudo muito lindo - o problema são os pesadelos. 

O filme começa com o casal Jessie (Kate Bosworth) e Mark (Thomas Jane) tentando adotar uma criança, algum tempo após seu filho Sean morrer afogado. Uma assistente social mostra para eles o pequeno Cody (Jacob Tremblay), um menino de 8 anos que passou por algumas famílias adotivas diferentes e foi abandonado em todas, e eles decidem adota-lo. 


Cody logo conta para sua nova mãe que não gosta de dormir por causa de um monstro de come pessoas, mas é claro que Jessie acha que são apenas pesadelos, algo comum em uma criança tão traumatizada com a vida. Previsivelmente, coisas estranhas e sem explicação começam a acontecer logo depois disso. 

Após uma aparição de Sean, seu falecido filho, Jessie começa a entender que os sonhos de Cody realmente se tornam realidade enquanto ele dorme, e pensa em se aproveitar disso para poder rever Sean. É tudo mágico e triste ao mesmo tempo, mas as coisas logo se tornam assustadoras - tão assustadoras que Mark some por causa do monstro devorador de pessoas enquanto Cody dormia.

Jessie finalmente começa a procurar por respostas, e nesse meio tempo ela consegue a ficha de Cody, que contém todos os pais adotivos do menino. Ela começa a conectar os pontos e vai atrás de Cody no hospital em que ele está, onde foi forçado a dormir. Ela enfim enfrenta o monstro e o derrota com um item que pertencia à mãe biológica de Cody.

Achei o filme bom, quase chegando no muito bom, mas pode ser que eu tenha sido manipulada pela fofura do Jacob Tremblay - a criança mais fofa de Hollywood. O ponto principal da história é original por mais que o filme pareça clichê em muitas partes. 

O Sono da Morte é uma boa mistura de A Órfã com Sobrenatural, porém mais leve: menos terror e mais suspense. Não é um filme que vai te dar susto, mas vai te prender até o fim e te manter na pontinha da sua cadeira, nervoso. 


3/5





REVIEW: O Sono da Morte (2016) REVIEW: O Sono da Morte (2016) Reviewed by Unknown on janeiro 02, 2018 Rating: 5

Nenhum comentário

Masterchef

About Me
Munere veritus fierent cu sed, congue altera mea te, ex clita eripuit evertitur duo. Legendos tractatos honestatis ad mel. Legendos tractatos honestatis ad mel. , click here →